Nota Pública sobre os contratos emergenciais nas escolas e dissídio

Esclarecemos às comunidades escolares que nosso mandato não possui nenhum envolvimento em decisões acerca das contratações emergenciais nas escolas municipais. Tanto na gestão passada, liderada pelo prefeito Gilmar Rinaldi (PT), como nesta gestão do Prefeito Pascoal (PP) houveram ações questionando tais contratos, por não atender os concursados. Porém, diferente do que está sendo dito em algumas escolas, apontando nosso mandato como os responsáveis pela ação; esclarecemos que nem o mandato, nem a bancada e nem o Partido dos Trabalhadores de Esteio moveram qualquer ação que questione as contratações emergenciais de professores. Defendemos a garantia de profissionais de educação em sala de aula, seja por concurso, seja por contrato.

Dissídio e Vale Alimentação

Nosso mandato defenderá todas as deliberações da assembleia do Sindicato dos Servidores Municipais de Esteio (Sisme), tanto no que diz respeito ao dissídio, quanto a posição do não pagamento em pecúnia dos vales alimentação.

Contra a terceirização

Aproveitamos essa nota para manifestar nossa contrariedade com toda e qualquer forma de terceirização, que vem sendo proposta pelo Governo Federal e ventilada pela atual gestão do Governo Municipal.

Nota publica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *